Em dia de homenagens a Fábio, Cruzeiro recebe Ceará para embalar no Brasileiro

Nada de fim de festa para o Cruzeiro na temporada. Hexacampeão da Copa do Brasil, a Raposa terá mais uma comemoração pela frente nesta quarta-feira, às 19h30, antes do jogo contra o Ceará, em jogo adiado da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O goleiro Fábio será homenageado pelas 800 partidas com a camisa celeste. Dentro de campo, o objetivo é somar mais três pontos para embalar de vez na Série A, encostar no G6 e brigar por premiação maior ao fim da competição nacional.

Dentro de campo, o Cruzeiro deverá ter força máxima. Existe a possibilidade de Mano trocar uma ou duas peças em relação ao time que venceu a Chapecoense por 3 a 0 no último domingo. O treinador já antecipou, no entanto, que não vai realizar grandes mudanças na equipe nos compromissos que restam até o fim do Brasileirão. Como de praxe, o treinador realizou treino secreto nessa terça-feira, na última atividade antes do duelo contra o Ceará. Arrascaeta e Mancuello foram os desfalques.

O meio-campista Robinho comentou o desejo de jogar o maior número de partidas, ainda que o desgaste pela reta final da Copa do Brasil e a sequência de muitos jogos ainda exista. “Temos nove partidas e quero jogar quase todas, se eu puder. Acho que vai ser uma marca para passar de 60 jogos no ano, é importante, eu que tive um ano passado difícil. (…) Espero poder jogar, domingo corremos bastante e espero que a gente consiga o mesmo desempenho na quarta. Vai ser importante”, projetou o camisa 19, que também destacou a força do adversário.

“O Ceará está jogando bem, tocando bem a bola. Reparei que eles estão com muita posse de bola, conseguindo ficar com a bola e jogar com velocidade no ataque. O Mano deve ter estudado e vai passar os pontos fortes deles para a gente tentar a vitória na quarta-feira”, complementou Robinho.

Se vencer o Ceará na quarta-feira, o Cruzeiro alcançará os 43 pontos e a 8ª colocação do Campeonato Brasileiro. Na sétima posição, o Santos também soma 43 pontos, mas tem sete gols de saldo a mais que a Raposa. Primeiro time no G-6 da competição, o Atlético tem 46. Vale lembrar que, como levantou o troféu da Copa do Brasil, a Raposa já tem vaga garantida na fase de grupos da Copa Libertadores de 2019.

Para ajudar a embalar o time dentro de campo, a diretoria do Cruzeiro definiu promoção de ingressos. Mulheres e crianças não pagarão pelos bilhetes, que foram retirados em inúmeros pontos de Belo Horizonte nessa terça-feira. Associados e outros torcedores interessados em adquirir os tíquetes podem fazer isso pelo site ingresso.cruzeiro.com.br ou pelos aplicativos oficiais.

Ceará

De olho na chance de se reabilitar no Campeonato Brasileiro depois da derrota por 2 a 1 para o Palmeiras, o Ceará chegou a Belo Horizonte na segunda-feira e treinou nessa terça na Cidade do Galo, CT do Atlético. Expulso no duelo em São Paulo, o técnico Lisca não poderá orientar os jogadores no banco de reservas durante a partida contra o Cruzeiro.
Outro problema é Samuel Xavier. O lateral-direito levou o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão automática.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: