Base rachada no CE: Cid chama petista de babaca após ser vaiado por pedir mea culpa ao PT

Por: Ceará Agora.
A reunião de militantes, deputados estaduais, deputados federais e prefeitos, na noite dessa segunda-feira, 15, no Marina Park Hotel, em Fortaleza, mobilizada pelo governador Camilo Santana (PT) para fortalecer a candidatura de Fernando Haddad na disputa pela Presidência da República, deu fortes sinais de divisão entre lideranças do PT e PDT. O número de prefeitos e lideranças municipais presentes foi inferior ao esperado e, durante a reunião, houve mal estar com militantes.
O estopim da crise foi uma frase do ex-governador e senador eleito Cid Gomes. Cid disse que, se o PT não fizer uma mea culpa no segundo turno da eleição, será bem feito perder. Antes dessa expressão, porém, Cid pediu humildade do partido para se reconhecer os erros. Os militantes não gostaram da frase, soltaram uma vaia e provocaram reação de Cid que tachou um dos mais exaltados de babaca.
“Babaca! Babaca! Isso é o PT, e o PT desse jeito merece perder, pra rimar, só pra rimar. Babaca, vai perder a eleição. É isso aí, é esse sentimento que vai perder a eleição”, repetiu Cid Gomes, que retratou, nas palavras, a insatisfação com o tratamento que as lideranças nacionais do PT deram ao irmão e ex-presidenciável Ciro.
Cid Gomes manteve o confronto com militantes que o vaiavam, recebeu ponderação do presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), para encerrar o discurso, e chegou a dizer que não entendia porque havia sido o primeiro escalado para se pronunciar.
O governador Camilo Santana (PT) cumpriu o papel de bombeiro para apagar as chamas do incêndio na reunião política e do encontro saiu uma certeza: após a decisão de Ciro Gomes (PDT) de viajar e ficar longe do segundo turno da eleição, a relação do PT com o PDT já não é mais a mesma. Os sinais de divisão são ainda mais claros no Ceará.
Confira o que disse Cid Gomes no vídeo abaixo:
Tocador de vídeo
00:00
03:23
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: