Petroleiros iniciam movimento grevista para baixar o preço do gás e dos combustíveis


A Federação Única dos Petroleiros (FUP) e seus sindicatos filiados convocaram a categoria para uma greve de advertência de 72 horas. O movimento terá início a partir do primeiro minuto de quarta-feira (30). Já neste domingo (27), os petroleiros farão novos atrasos e cortes de rendição nas quatro refinarias e fábricas de fertilizantes que estão ameaçadas pelo processo criminoso de privatização do governo golpista de Temer e PSDB: Rlam (BA), Abreu e Lima (PE), Repar (PR), Refap (RS), Araucária Nitrogenados (PR) e Fafen (BA).

Na segunda-feira (28), a FUP realizará um Dia Nacional de Luta, com atos públicos e mobilizações em todo Sistema Petrobrás, denunciando os interesses que estão por trás da política de preços de combustíveis, feita sob encomenda para atender o mercado e às importadoras de derivados.



CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: