Ministro da Fazenda diz que redução do preço do diesel vai custar R$ 9,5 bilhões


O custo da redução do preço do diesel em R$ 0,46 por litro deve ficar em R$ 9,5 bilhões este ano. A afirmação é do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, em entrevista na manhã desta segunda-feira, 28, ao programa Bom Dia, Brasil, da TV Globo.
Segundo Guardia, o Governo chegou ao “limite” do que pode conceder com a medida, feita de forma “responsável”. O presidente Michel Temer anunciou nesse domingo, 27, o congelamento por 60 dias da redução do preço do diesel na bomba em R$ 0,46 por litro.
Temer fez um pronunciamento depois de um dia inteiro de negociações no Palácio do Planalto. A título de comparação, o presidente disse que o desconto equivale a zerar as alíquotas da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) e do PIS/Cofins (Programa de Integração Social/Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social). Os representantes dos caminhoneiros autônomos não aceitaram o congelamento do diesel por apenas 30 dias, como havia sido inicialmente proposto.
Com informações da Agência Brasil

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: