Antes aliados, Frota e Lobão agora pedem impeachment de Bolsonaro

Alexandre Frota, que já foi um atuante bolsonarista, irá entrar com um pedido de impeachment contra o presidente. A informação foi publicada pelo colunista Guilherme Amado, da Época.
Reprodução
O deputado federal declarou-se indignado contra os incentivos de Jair Bolsonaro para os militantes participarem de um ato contra instituições democráticas, entre elas a Câmara de Deputados, o Senado e o Supremo Tribunal Federal (STF).
Frota prometeu trabalhar nas trincheiras das redes contra o antigo amigo.
“Eu acabo de solicitar a uma junta de advogados que, diante dos fatos, ameaças e do disparo do vídeo do celular dele. Vou entrar com o impeachment, vou assinar. Bolsonaro prometeu que sempre lutaria pela democracia. Mentiroso. Ele está abrindo uma crise institucional”, afirmou.
Frota emendou: “Não tem direita, esquerda ou centro. Temos que nos juntar e mostrar que é inaceitável isso que ele está fazendo. Tomara que ele não coloque culpa num filho ou num assessor dizendo que não foi ele quem disparou o vídeo”.
Lobão arrependido
Outro ex-militante de Bolsonaro também se manifestou contra o atual governo após a divulgação de vídeos contra o Congresso divulgados pelo presidente. O músico Lobão convocou seus seguidores a apoiarem o impeachment de Bolsonaro.
“Atenção rapaziada, estamos diante de um assunto de extrema seriedade e precisamos de toda união e força possíveis. Vamos começar subindo a tag #ImpeachmentDeBolsonaro. Imediatamente orar os trends mundiais. Simbuera. Metendo o dedo”.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: