Morre o radialista caririense Heron Aquino

Morreu por volta das 23h desta sexta-feira (29), em um dos leitos da UTI da Casa de Saúde São Miguel, em Crato, o radialista Heron Aquino. Há alguns anos, Heron lutava contra a doença de Alzheimer e há mais de três semanas estava internado.


No rádio cratense, Heron Aquino trabalhou nas emissoras Araripe AM, Educadora AM e Princesa FM.

Sobre Heron Aquino, assim escreveu Dr José Flávio – Presidente do Instituto Cultural do Cariri (ICC):

O Ceará perdeu hoje, um dos mais importantes radialistas da sua história. Heron Aquino somava incontáveis qualidades num só profissional. Voz bonita e poderosa, locutor versátil que ia desde o noticiário até as transmissões esportivas exuberantes (nesta modalidade foi certamente um dos mais completos do rádio cearense), animador de festas e cerimonialista de solenidades, produtor de programas, redator perfeccionista que escrevia com extrema correção, diretor de programação e de emissoras.

Sua voz foi a mais inconfundível do rádio caririense nos últimos trinta anos.

Juntava-se a tudo isso uma figura humana generosa, tranquila, sem arroubos desnecessários, uma fábrica de amigos e de admiradores, um pai de família exemplar. Os atropelos da idade fizeram com que se afastasse da profissão prematuramente. Hoje, partiu e é como se todos os rádios, de repente, tivessem silenciado. Sua presença, no entanto, permanecerá indelével. De alguma maneira o Cariri falava na sua voz e, com ela silenciada, perderá um pouco a força e o brilho.

(Gazeta do Cariri com informações do Blog do Marcus Silva)
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: