Confira alguns jogos deste domingo (1) pelo Brasileirão

Goiás e Fortaleza se enfrentam e ainda sonham com vaga na Libertadores.
Para manter viva a esperança de conseguir uma vaga na pré-Libertadores, Goiás e Fortaleza se enfrentam neste domingo (1º), no Serra Dourada, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A equipe cearense tem 46 pontos e é a décima colocada, enquanto que o time alviverde vem logo à frente, na nona posição, com 49. A três rodadas do fim do campeonato, os dois clubes têm chance de conseguir uma vaga na pré-Libertadores, já que o G-6 se tornou G-8 devido à presença de Flamengo e Athletico-PR, já classificados para a competição, entre as primeiras posições.

Para conseguir a vaga, Goiás e Fortaleza têm de torcer por tropeços de Inter e Corinthians e fazer ao menos 51 pontos. Se o clube esmeraldino vencer, chega aos 52 pontos e tira o Fortaleza da disputa pelas últimas vagas da Libertadores.

A equipe do técnico Ney Franco, que renovou seu contrato por mais um ano, tem duas dúvidas para o jogo de domingo. Jefferson, que ainda se recupera de dores musculares, e Yago Felipe, que voltou ter problemas no ombro, podem não jogar. 
Caso não entrem em campo, devem ser substituídos por Alan Ruschel e Thalles.

Do lado do Fortaleza, Diego Tavares, Roger Carvalho e Éderson são os desfalques. O técnico Rogério fará mudanças na defesa do time para repor as ausências.

Estádio: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Horário: 16h deste domingo (1º)
Juiz: Dawson Fernando Freitas da Silva (PA)

GOIÁS
Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Alan Ruschel; Gilberto, Léo Sena e Thalles; Leandro Barcia, Rafael Moura e Michael. T.: Ney Franco

FORTALEZA
Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Juninho, Felipe e Osvaldo; Romarinho, Edinho e Wellington Paulista. T.: Rogério Ceni.

Com missões quase impossíveis, CSA e Bahia se enfrentam em Maceió

Após uma vitória sobre o Cruzeiro, no Mineirão, nesta quinta (28), o já quase rebaixado CSA recebe neste domingo (1º), às 18h, o Bahia, pela antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesta reta final, os adversários têm missões quase impossíveis, embora matematicamente viáveis: o CSA tem chance de se manter na Série A e o Bahia ainda pode conseguir uma vaga na pré-Libertadores, embora as chances, em ambos os casos, sejam remotas.

Antes do início da rodada, o CSA, 18º colocado, tinha 32 pontos, contra 36 do Cruzeiro e 37 do Ceará.

Na madrugada desta sexta (29), após a vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, o técnico Argel Fucks anunciou, para surpresa de torcedores e até do próprio clube, que estava deixando o CSA e que havia acertado com o Ceará.

Em entrevista ao site Globoesporte.com, o presidente do CSA, Rafael Tenório, disse se sentir traído. Já Jacozinho, que assumirá como técnico interino, afirmou que foi pego de surpresa, mas se disse confiante para os próximos desafios.

O Bahia vive um momento de frustração. Após chegar próximo de uma vaga na Libertadores, o clube teve uma sequência de resultados ruins e agora, há nove jogos sem vencer no Brasileiro, vê como praticamente impossível a ida para o torneio continental.

Antes do início desta 36ª rodada, o tricolor baiano ocupava a 11ª colocação, com 45 pontos -seis a menos do que o Internacional, primeiro time na zona de classificação para a pré-Libertadores.

Neste domingo, o treinador Roger Machado não deve poder contar com Marco Antônio, que está machucado.

Já o CSA terá pelo menos dois desfalques: Jonatan Gómez cumpre suspensão por acúmulo de cartões amarelos e Naldo está machucado.

CSA
Jordi, Dawhan, Alan Costa, Luciano Castan e Rafinha; João Vítor e Nílton; Euller, Warley e Apodi; Ricardo Bueno. T.: Jacozinho (interino)

BAHIA
Douglas, João Pedro, Wânderson, Juninho e Moisés; Gregore; Arthur, Flávio, Lucca e Élber; Gilberto. T.: Roger Machado

Estádio: Rei Pelé, em Maceió
Horário: 18h
Juiz: Vinícius Furlan (SP)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) -
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: