Policial discute com namorada e dispara 15 tiros em festa de formatura no Ceará


Quatro pessoas foram baleadas durante uma festa de formatura no município Ipu, no interior do Ceará, na madrugada desse domingo (4). Segundo familiares das vítimas, um policial militar discutiu com a namorada, uma das convidadas da festa, e tentou matá-la efetuando cerca de 15 disparos, que atingiram convidados.

A festa acontecia na casa de uma formanda e reunia familiares e amigos dela. As informações são do jornalista Fernando Ribeiro.

O policial foi imobilizado pelos populares e depois levado pela polícia para a Delegacia de Tianguá, município da região, onde foi autuado por tentativa de homicídio, confirmou a Secretaria de Segurança Pública do Ceará (SSPDS).

Três vítimas dos tiros foram da família da formanda, que era dona da casa onde acontecia a festa. São eles a irmã dela, uma adolescente de 17 anos, e os pais dela, Antônia Ildete Pereira Pontes, 42 anos, e Antônio Sergio Vasconcelos Pontes, 48 anos. Um outro convidado foi atingido de raspão.

O policial militar que efetuou os disparos foi identificado como Jorgeandro Vieria, de acordo com o major Euci de Castro, secretário da Segurança do município de Ipu. O suspeito havia ingerido bebida alcoólica, segundo a SSPDS.

A sobrinha dela foi baleada na região da virilha, a irmã, no seio, e o cunhado, na barriga. A família foi atendida no Hospital Municipal de Ipu e depois transferida para Sobral, ainda durante a madrugada.

Pai e filha passaram por cirurgia já no domingo e a mãe, Antonia Ildete, vai passar por exames. O cunhado dela já passou por procedimento cirúrgico e passa bem, segundo a guarda municipal. 


Por João Boaventura Neto
Miséria.com.br
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: