Pai com Alzheimer reconhece o filho pela primeira vez após tratamento à base de maconha

Um vídeo tem emocionado a internet na última semana. Nele, um filho relata a melhora da saúde do pai, que tem Alzheimer, após o uso de um medicamento a base de cannabis, vulgarmente conhecida por “maconha”.

Felipe Barsan Suzin, 28, não segurou a emoção ao ouvir Ivo, 58, chama-lo novamente de filho e dizer que o ama. A família é de Goiás.
"Não lembro qual foi a última vez que meu pai me chamou de filho, falou que me ama e me deu um abraço. Hoje foi esse dia. Gratidão", registrou o rapaz no vídeo, visivelmente emocionado.
A esposa de Ivo relata a dificuldade que passaram quando descobriram a doença em Ivo. "O Alzheimer destruiu a vida do meu marido. Com 58 anos, ele é uma pessoa totalmente dependente. Ele não entende que tem que ir ao banheiro, ele não sabe que tem que tomar banho. Você que tem que fazer ele tomar banho. Aí ele fica agressivo, ele não aceita. Ele era uma pessoa doce, hoje tem momentos que ele está feliz. E do nada ele se transforma, te agride, fica violento".
O novo tratamento já trouxe mudanças significativas para a vida da família e para o cotidiano de Ivo.
"Faz sete meses que o meu pai faz uso do óleo, em uma semana já teve uma mudança inexplicável. Sendo que ele ficou mais de seis anos sendo dopado, tomando remédios fortes. Meu pai teve melhoras sensacionais", conta Filipe.
Eles conseguem o medicamento através da ONG Ágape Medicinal, de Goiás. O óleo é extraído diretamente da planta completa da cannabis.
Assista ao vídeo:
(Com informações de Diário do Nordeste)
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: