RedeTV faz entrevista exclusiva com Lula, mas decide não transmitir


A RedeTV! realizou, na manhã desta sexta-feira, 3, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, uma entrevista exclusiva com o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Até então prevista para ser exibida nos telejornais da emissora e também em um programa documental da BBC, a entrevista realizada pelo jornalista Kennedy Alencar não será mais transmitida pela emissora.
Imagem de arquivo
Em seu blog, Kennedy confirmou a informação sem dar previsões de futuras datas para a exibição da entrevista. “A entrevista que fiz com o ex-presidente Lula será exibida com exclusividade num projeto em desenvolvimento com a BBC World News. Logo em seguida, o blog [do Kennedy] publicará as íntegras em texto e vídeo da conversa com o petista que ocorreu na superintendência da Polícia Federal Curitiba na manhã de sexta. Aguardem”.
Para realizar a entrevista, a emissora obteve na Justiça a autorização para fazer a gravação do material jornalístico. Em comunicado oficial, a RedeTV! negou que o caso se tratava de uma autocensura.
“A RedeTV! foi contratada no ano passado pela BBC World News e pela K.doc para gravar entrevistas para a série-documentário de três capítulos. Realizou 12 entrevistas, 3 das quais com ex-presidentes da República. A série, chamada “What Happened to Brazil”, foi transmitida internacionalmente em janeiro pela BBC. A entrevista com Lula foi solicitada à época como parte desse projeto. Liberada agora pela Justiça, foi gravada na última sexta-feira. A entrevista será usada pela BBC World News com exclusividade, numa sequência da produção desenvolvida no ano passado. Todos os direitos sobre imagens e direção editorial são da BBC”.
No site oficial do ex-presidente Lula também foi confirmada a informação com a seguinte nota:
“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deu ontem, dia 3 de maio, uma entrevista para o jornalista Kennedy Alencar, que seria exibida na Rede TV e num programa documental da rede britânica BBC. Fomos informados hoje que a Rede TV decidiu não exibir a entrevista. Registre-se que emissora não só entrou com uma reclamação junto ao Supremo Tribunal Federal para garantir o direito de entrevistar o ex-presidente como gravou a entrevista no dia de ontem. A entrevista deve ser divulgada no exterior na BBC.”
Fonte: O Povo Online.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: