Construída em 2012, barragem do açude Jatobá de Ipueiras sangra pela primeira vez

Concluída no final do ano de 2012, após 7 anos,açude Jatobá de Ipueiras sangrou pela primeira vez. A obra foi construída no segundo governo de Cid Gomes, através de uma solicitação do prefeito Nenem do Cazuza que cumpria naquele ano a conclusão de seu segundo mandato. Na avaliação do prefeito foi uma das principais obras estruturantes que o governo Cid Gomes realizou em parceria com a prefeitura de Ipueiras. 


Na obra, o Governo do Estado, através da Secretaria dos Recursos Hídricos (SRH), e em parceria com o Banco Mundial investiu R$ 28.103.225,29. O montante também foi destinado para a construção de uma Agrovila e da Adutora de Ipueiras. A Barragem tem capacidade para armazenar 6milhões de metros cúbicos e sua bacia é alimentada pelo Riacho Jatobá, da Bacia do Acaraú, beneficiando aproximadamente 38mil habitantes de Ipueiras. A parede do açude, ou altura máxima da Barragem,  é de 22 metros e sua extensão 762,15 metros, com largura de seis metros. 


O reservatório abastece a cidade alimentando a  adutora do município de Ipueiras e agora deverá ainda ser utilizado como fonte de recursos hídricos para a irrigação de extensa área a jusante, devido a perenização do Rio Jatobá, que se estende por 9,6 quilômetros. Com o açude sangrando deve ser pensamento do governo municipal traçar planejamento para o desenvolvimento da piscicultura e de outras culturas produtivas.  

 

 Fonte: Blog Max Weber.

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: