Subtenente da Polícia Militar atira na cabeça da esposa, em Fortaleza

 Tiro acertou o ouvido da esposa do policial, que foi socorrida para o IJF. Foto: Rafaela Duarte
Um subtenente da Polícia Militar, que não teve a identidade revelada, é o principal suspeito de ter atirado na esposa, na noite desta segunda-feira (4), em uma residência localizada na Rua Vicente Spíndola, no Bairro Montese, em Fortaleza.

Segundo testemunhas, o tiro acertou o ouvido da vítima, que foi socorrida em estado grave para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro. 

Conforme a Polícia Civil, após o ocorrido, o subtenente se apresentou na Casa da Mulher Brasileira do Ceará, no Bairro Couto Fernandes. Não há informações sobre o estado de saúde da mulher e a motivação do crime.

Esse é o segundo caso envolvendo violência de policiais contra esposas registrado nesta segunda-feira. Durante a madrugada, em Paracuru, um sargento da PM matou a esposa, atirou no amigo e depois cometeu suicídio.

O sargento Alisson Carlos Lima da Silva, de 42 anos, lotado do Batalhão de Polícia da Guarda Externa dos Presídios, estava de folga e teria sido convidado por um amigo para passar um dia de Carnaval numa residência em Paracuru. 
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: