Valor da cesta básica regional cai 2,5% no Nordeste


O Nordeste fechou 2018 com queda de 2,5% no valor médio da cesta básica em relação à mesma base de comparação de 2017. A Região terminou dezembro com a cesta mais barata do Brasil, no valor de R$ 358,31. Segundo levantamento do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), nenhuma capital nordestina pesquisada apresentou incremento no valor dos alimentos.
Resultado de imagem para cesta basica

As maiores reduções verificadas ocorreram em Salvador (-3,7%) e João Pessoa (-3,3%). Os declínios nas outras capitais foram: Aracaju (-1,9%), Recife (-1,9%), São Luís (-1,9%), Natal (-1,5%) e Fortaleza (-1,3%). A pesquisa feita com dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) não é realizada nas cidades de Teresina e Maceió.

Nesse período, os preços do conjunto de alimentos essenciais (carne, pão, banana, tomate, leite, manteiga, feijão, arroz, farinha, batata, açúcar, café e óleo) foram R$ 397,34 em Fortaleza, R$ 358,75 em Aracaju, R$ 353,40 em São Luís, R$ 345,21 em João Pessoa, R$ 343,82 em Salvador, R$ 341,40 em Natal e R$ 340,57 em Recife.

De acordo com lista regional, os bens alimentícios básicos com maiores variações foram: tomate (+24,6%) em São Luis; leite (+9,6%) em Salvador; e pão (+5,9%) em Fortaleza. Os maiores recuos registrados foram nos custos do feijão (-35,7%) em São Luis; banana (-28,1%) em Salvador; e tomate (-7,1%) em Aracaju.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: