Novo presidente do Senado é alvo de dois inquéritos no STF

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), que foi eleito presidente do Senado no último sábado (2), é alvo de dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF).
Segundo um levantamento feito pela rádio “CBN”, o senador é acusado de crimes eleitorais, contra a fé pública e uso de documento falso. Um dos processos corre em segredo de Justiça, enquanto o outro, que teve denúncia encaminhada pelo Ministério Público Federal do Amapá, aponta supostas irregularidades cometidas pelo agora presidente do Senado na campanha dele de 2014. Ele teria usado notas fiscais frias nas prestações de contas.

Além disso, ainda de acordo com o inquérito, Alcolumbre não apresentou comprovantes bancários e teria contratado serviços com data posterior à das eleições, entre outras suspeitas.

Os dois processos estão na fase de diligências que devem ser conduzidas pela Polícia Federal. Não há prazo para conclusão.

Clique AQUI e saiba quem é Davi Alcolumbre, o novo presidente do Senado Federal.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: