MPCE abre canal para receber denúncias de cearenses contra o médium João de Deus

O Ministério Público do Ceará (MPCE) criou um canal para que mulheres cearenses que tenham sido vítimas do médium João de Deus, de 76 anos, possam fazer denúncias. Ele é suspeito de abusar sexualmente e estuprar mulheres durante os atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia (GO).

Caso haja vítimas no Ceará, o MPCE disponibilizou o e-mailcaocrim@mpce.mp.br para o recebimento de informações. Os depoimentos serão coletados e enviados ao MP de Goiás, para que o suspeito seja processado por todos os delitos.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: