Missão Mars Express encontra cratera cheia de gelo em Marte

O satélite da missão Mars Express encontrou uma cratera cheia de gelo em seu interior no planeta vizinho Marte. Esse ano marca o 15º aniversário desde o seu lançamento, em junho de 2003, desde quando a Agência Espacial Europeia (da sigla em inglês ESA) tem explorado a superfície do planeta vermelho.

Para isso, a sonda tem usado câmeras de alta resolução e ferramentas como radares e espectrômetros para vigiar a superfície do planeta. Os dados coletados por essa missão já haviam sido fundamentais na descoberta de água sob uma calota de gelo em Marte, que aconteceu no começo de 2018.

Desta vez, o satélite capturou imagens de uma cratera de 82km de diâmetro localizada em Vastitas Borealis, planície na região norte do planeta. Pelas fotos, parece que seu interior está coberto de neve, mas na verdade trata-se de gelo. A diferença é que a neve é formada pelo vapor d'água que se congela, enquanto o gelo se forma a partir da água líquida.




A cratera foi recebeu o nome de "Korolev", em homenagem ao engenheiro espacial Sergei Korolev, considerado "pai da tecnologia especial soviética".

Mundoconectado.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: