Magno Malta confirma que comandará Ministério em Governo Bolsonaro

O senador Magno Malta (PR-ES) confirmou, neste sábado, 3, ao Jornal O Globo que será ministro do Governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). “Vou ser ministro, sim”, disse a reportagem. O congressista foi alvo de críticas do vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão. “Quem decidiu isso de não ser vice não fui eu sozinho, fomos nós 2. Então, eu não quero responder ninguém em jornal, quem chegou no ‘ônibus’ depois”, rebateu.
Para ele, o atentado sofrido por Bolsonaro em um ato de campanha contribuiu para que não fosse reeleito. “Depois da facada, quem foi cumprir o papel dele [Bolsonaro] pelo Brasil? Eu tive que assumir. Não podia ser ninguém, tinha que ser eu. Quem dirige a história é Deus. Se não tivesse facada no meio do caminho, eu também tinha ganho no meu Estado”, afirmou.
Segundo a reportagem, ele não confirmou se vai comandar o chamado Ministério da Família, que reuniria os atuais ministérios do Desenvolvimento Social e de Direitos Humanos. Há possibilidade de que ele assuma a Secretaria Geral da Presidência. “Onde eu estiver, eu estarei perto dele. Ele vai anunciar”, disse.
Até o momento, foram confirmados como futuros ministros: Paulo Guedes (Economia), Sérgio Moro (Justiça e Segurança Nacional), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), general Augusto Heleno (Defesa) e Onyx Lorenzoni (Casa Civil).
Com informações do Portal Poder 360
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: