Homens do Piauí são os brasileiros que vivem menos, segundo IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira (29) a pesquisa sobre a mortalidade dos brasileiros referente aos dados de 2017. O Piauí ficou na penúltima posição em expectativa de vida do país. O estudo revelou que o homem piauiense é o que vive menos no Brasil. A expectativa de vida dos brasileiros atingiu os 76 anos.

Homem do Piauí vive em média oito anos a menos que as mulheres, diz IBGE — Foto: Gil Oliveira/ G1
De acordo com o IBGE, a expectativa de vida média do piauiense é de 71,2 anos, quase cinco anos a menos que a média nacional. O estado é o segundo com a menor esperança de vida do país, a frente apenas do Maranhão. Entre os homens, a expectativa é a menor do Brasil: 67,1 anos.

Já a expectativa de vida das mulheres piauienses é de 75,5 anos, oito anos e meio a mais que os homens. A diferença de expectativa entre os dois gêneros é uma das maiores do país, a frente apenas da Bahia, onde a diferença atinge 9,2 anos, e de Alagoas, onde o número fica em 9,6 anos.

Expectativa de vida ao nascer em 2017 no Brasil — Foto: Claudia Peixoto/G1 Expectativa de vida ao nascer em 2017 no Brasil — Foto: Claudia Peixoto/G1
Expectativa de vida ao nascer em 2017 no Brasil — Foto: Claudia Peixoto/G1

A pesquisa detectou ainda que o Piauí tem a menor esperança de vida para os idosos. Segundo o IBGE, os piauienses com 60 anos viverão em média mais 19,8 anos. O dado também aponta uma diferença entre os gêneros: 17,8 anos para os homens, 21,6 anos no caso das mulheres.


O IBGE concluiu ainda que o brasileiro está vivendo mais. A expectativa de vida no país cresceu três meses e 11 dias de 2016 para 2017, e alcançou os 76 anos, sendo 72 anos e 5 meses para os homens e 79 anos e 4 meses para as mulheres.

Fonte: G1 PI
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: