Ceará vence Paraná na raça e encaminha permanência na Série A

Foto: Thiago Gadelha


A permanência do Ceará na Série A do Campeonato Brasileiro está cada vez mais próxima. O Vozão fez sua parte no Castelão lotado e venceu o Paraná por 1 a 0 no Castelão, gol de Juninho de pênalti, em jogo válido pela 36ª rodada. Com o resultado, o Vovô chegou aos 42 pontos, abrindo 4 pontos para a zona de rebaixamento, restando apenas duas rodadas para o fim da competição. Pela vantagem na tabela, o Alvinegro, 15º

colocado, pode garantir sua permanência na Série A já no domingo (25), na penúltima rodada contra o Atlético/PR, às 16 horas (de Fortaleza), na Arena da Baixada. Para isso, basta que o time cearense mantenha a atual diferença de pontos para pelo menos 3 adversários diretos (o Paraná já está rebaixado). Mas pelas contas do clube, o Ceará ainda precisa somar pelo menos 3 pontos, já que o 1º time que abre o Z-4, o Sport, ainda pode chegar aos 44.
Antes da partida de ontem, o clima no Ceará era de cautela pela importância que tinha a vitória, e pelos resultados positivos recentes do já rebaixado Paraná.

E a partida foi mais tensa do início ao fim. O duelo no Castelão já começou tenso, com o Paraná trabalhando a bola no início de partida, assustando a torcida alvinegra nos primeiros lances. Aos 7 minutos, Juninho cobrou falta, o zagueiro Tiago Alves desvia, e evita finalização de Jesiel na segunda trave.
O Ceará demorou para entrar no jogo, com dificuldade de entrar na fechada defesa paranista. Assim, as melhores situações do Alvinegro eram criadas na bola parada, com o goleiro Richard indo bem.


Muitas chances
Mas depois de uma certa apreensão, o Vovô encaixou seu jogo e passou a criar boas chances de gol, encurralando o Paraná até o fim do 1º tempo. Aos 21 minutos, Juninho fez grande lançamento para Calyson, mas o atacante chutou para a defesa de Richard.
A chance criada deixou o Vovô mais leve, que dois minutos depois criou mais uma em contra-ataque rápido. Calyson recebeu mais uma boa bola, agora de Leandro Carvalho pela esquerda, mas Richard, mais uma vez, evita o gol do atacante.


Já melhor do jogo e com muito volume, teve outra chance aos 28 minutos: Samuel e Leandro Carvalho fizeram bela tabela pela direita, o atacante cruzou na medida para Arthur, mas o atacante perdeu gol feito, com Richard salvando seu time pela 3ª vez. Foi quando aos 32 minutos, a pressão do Ceará deu resultado. Felipe Jonatan cruzou pela esquerda, Calyson fura, a bola bateu no braço de Jesiel e o árbitro marcou pênalti. O volante Juninho foi para a cobrança, batendo com categoria para vencer Richard e fazer a festa da torcida alvinegra no Castelão: 1 a 0 para o Vovô.


A vitória parcial deixava o Ceará com 42 pontos, abrindo quatro da zona de rebaixamento, praticamente garantindo sua permanência na elite. Com o gol, o Vovô continuou atacando, mas só criou mais uma chance, aos 48, com Calyson perdendo mais uma chance, chutando para outra defesa de Richard.
 
Na raça
No segundo tempo, o Ceará criou pouco em comparação a etapa inicial. Naturalmente mais precavido pela vantagem construída, o time de Lisca foi melhor que o adversário, mas o placar mínimo deixava o jogo perigoso. Mesmo com chances raras, o Alvinegro poderia ter ampliado logo e diminuído a agonia da torcida. Aos 7 minutos, Luiz Otávio subiu de cabeça e a bola passou com perigo.
As duas chances seguintes foram de Arthur, com o atacante tentando jogadas individuais, mas errando em suas tentativas.


Mas a medida que o tempo ia passando, o Paraná se lançava ao ataque e levava perigo a cada lançamento em direção a área ou lance de escanteio.
Com o jogo indo até os 49 minutos, a ansiedade da torcida alvinegra aumentou, ainda mais com lance polêmico aos 48: após bola cruzada, Igor dividiu com Luiz Otávio e a bola bateu na mão do zagueiro do Ceará dentro da área e o árbitro mandou o jogo seguir. Após muita reclamação dos jogadores do Paraná, o jogo reiniciou e o Vozão conseguiu segurar o resultado sem mais riscos, uma vitória muito importante na luta do clube cearense pela permanência na Série A do Brasileiro.

Com o apito final, torcida e jogadores iniciaram uma grande comemoração, pela consciência da importância da vitória representa.
“Foi uma vitória muito importante. Demos um grande passo para a nossa permanência, mas não tem nada decidido. Ainda faltam duas rodadas. Agora é descansar e buscar pontos contra o Atlético/PR”, declarou o herói da vitória, o volante Juninho.

Ficha Técnica

Ceará 1x0 Paraná
Competição: 36ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Data: 22/11/2018
Horário: 20h
Local: Arena Castelão
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Miguel Cataneo (SP) 
Gol: Juninho - 32´/1º T (1-0) 
Cartões amarelos:  Calyson (C) e Luiz Otávio (C);  Alesson (P), Keslley (P),
Ceará: Everson; Samuel Xavier, Luiz Otávio, Tiago Alves e Felipe Jonatan; Edinho, Juninho e Ricardinho; Calyson (Cardona), Arthur (Ricardo Bueno) e Leandro Carvalho (Felipe Azevedo). Técnico: Lisca.
Paraná: Richard; Wesley Dias, Jesiel, René (Charles) e Igor; Leandro Vilela, Alex Santana e Jhonny Lucas (Alesson); Juninho (Keslley), Andrey e Augusto. Técnico: Dado Cavalcanti.

Por Vladimir Marques
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: