Rejeição de Bolsonaro sobe para 40%, e a de Haddad cai para 41%

A pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (23) aponta um aumento na rejeição a Jair Bolsonaro (PSL) e queda no mesmo índice para Fernando Haddad (PT) na comparação com o levantamento feito no dia 15.

Segundo o Ibope, 40% dos entrevistados disseram que não votariam em Bolsonaro de jeito nenhum, contra 35% na pesquisa anterior. No caso de Haddad, a rejeição que era de 47% caiu para 41%. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Houve mudanças também nos percentuais de certeza de voto. No dia 15, 41% disseram que votariam com certeza em Bolsonaro. Agora, são 37%. Para Haddad, o índice foi de 28% para 31%. As oscilações estão dentro da margem de erro.

Apesar das alterações nos índices de rejeição, os resultados de votos válidos oscilaram dentro da margem de erro em relação à pesquisa anterior. Bolsonaro tem 57%, contra 59% no dia 15. Haddad foi de 41% para 43%


Fonte: UOL
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: