» » Meirelles acena para possível apoio a Haddad no segundo turno

Cortejado tanto por Jair Bolsonaro (PSL) quanto por Fernando Haddad (PT), o ex-ministro da Fazenda e ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles dá sinais de que pode apoiar o projeto do Partido dos Trabalhadores.

A pessoas próximas ele afirmou querer apoiar um projeto de País e a proximidade com o PT deve ajudar.

Apesar do apoio ao Haddad não ser um fato consumado, é quase certo que Meirelles não ficará neutro na disputa do segundo turno, conforme afirma a Exame.

O que pesa na decisão a favor de Haddad é a proximidade de Meirelles com o ex-presidente Lula. Em sua campanha, o candidato derrotado citava diversas vezes os seus feitos como presidente do Banco Central entre 2003 e 2010.

“Mas ele quer um projeto de país para dar o seu apoio e pode ser que nenhum deles sinalize isso”, diz uma fonte, que não o vê voltando ao cargo de ministro. “Por enquanto, eu acho difícil ele aceitar qualquer cargo em um próximo governo.”
Meirelles investiu 54 milhões na campanha e obteve cerca de 1,3 milhão de votos.

Sobre POTENGI NA INTERNET

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!