Liderança de desaprovação de Alckmin; mesmo preso, aprovação de Lula é a maior

Os principais candidatos à presidência começam oficialmente a campanha eleitoral desaprovado pela maioria absoluta, segundo a pesquisa do Barômetro Político Estadão-Ipsos, que analisam a opinião dos brasileiros sobre personalidades do mundo político e jurídico.

Entre os concorrentes ao planalto, os ocupantes do topo do ranking da desaprovação são Alckmin, do PSDB, e Ciro Gomes, do PDT. O desempenho do tucano é desaprovado por 70%, e do pedetista, por 65%.

No bloco seguinte aparecem, empatados tecnicamente, Jair Bolsonaro (PSL, com 61% de desaprovação), Marina Silva (Rede, 61%), Henrique Meirelles (MDB, 60%) e Fernando Haddad (PT, 59%). Em contradição, o ex-presidente e novamente candidato, Luís Inácio Lula da Silva lidera as pesquisas de aprovação mesmo preso e condenado a 12 anos e 1 mês de prisão.

Fonte: Diário do Nordeste
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: