Vereadores estudam possibilidade de cassação do prefeito de Altaneira

Foi compartilhada via WhatsApp uma peça de denúncia contra o prefeito de Altaneira Dariomar Rodrigues (PT) que supostamente seria de autoria do vereador Professor Adeilton requerendo a instauração de procedimento para cassação do prefeito.

O documento, sem assinatura, é datado da última quarta-feira (13/06) e relata os gastos das diversas secretarias no exercício financeiro de 2017, considerados elevados para os padrões do Município de Altaneira.

Na peça são relacionadas as despesas consideradas irregulares e são apontadas as empresas beneficiadas e o comparativo com as mesmas despesas do exercício financeiro de 2016.

No final é requerida a adoção das medidas legais com a cassação do mandato do prefeito pelas diversas infrações político-administrativas cometidas.

A administração do BA recebeu de pedidos de informações e alguns questionamentos sobre o documento compartilhado.
Em contato como o vereador Professor Adeilton este confirmou a veracidade do documento e disse que, conforme anunciado em Plenário, estuda com seus colegas de bancada várias possibilidades para barrar os desvios de recursos públicos, dentre elas a possibilidade de cassação do prefeito.

Disse que estranhou o vazamento do documento, pois, estava analisando ainda de forma interna com o grupo e a intenção era apresentar o pedido em Plenário na próxima sessão.

Disse que no levantamento encontrou vários indícios de desvios de recursos públicos que carecem de uma investigação e que a cassação do mandato do prefeito visa proteger o dinheiro do Povo que já está muito escasso.

“Reunimo-nos ontem e ficou acertado que faríamos uma melhor análise da situação antes de apresentar o pedido em Plenário, os colegas estudam outras alternativas”, disse o líder da oposição.  

Por sua vez a vereadora Zuleide Ferreira (PSDB) disse que só tomou conhecimento da denuncia ontem (13/06) e muito rapidamente, disse que os vereadores de oposição não estão silentes diante dos fatos narrados, apenas precisam de tempo para analisar a matéria.

“Eu só terei uma versão, quando eu ver a matéria com antecedência. E ainda tem tempo pra isto” disse a vereadora.

O presidente da Câmara, vereador Antonio Leite (PDT), disse que só iria se manifestar, em Plenário, se for apresentado um pedido formal.

A administração do BA tentou contato com a vereadora Alice Gonçalves (PRB) e o com vereador Devaldo Nogueira (MDB), mas até o fechamento desta postagem não foi possível colher as posições dos parlamentares.

Confira a parte final do documento compartilhado:


Fonte: Blog de Altaneira.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: