» » Cid, Ciro e Eunício sinalizam também blocão nacional

MISSA QUE CELEBROU 50 anos de Camilo reuniu familiares e políticos  (Foto: EVILÁZIO BEZERRA)

"Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido". O trecho do Pai Nosso, a mais famosa oração do Cristianismo, teve peso simbólico para a política cearense na manhã de ontem, em missa de celebração dos 50 anos do governador Camilo Santana (PT) em Fortaleza.

Presentes no Santuário de Nossa Senhora da Assunção, no bairro Vila Velha, Cid e Ciro Gomes (PDT) e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), rezaram juntos pela saúde do governador e deram novos sinais de um "blocão" entre ex-aliados para a eleição deste ano. Apoio do MDB à candidatura de Ciro a presidente, até então pouco tratado, também entrou na pauta.

Mesmo evitando o tema de coligações locais, o próprio Ciro acabou sinalizando no sentido da aproximação entre o emedebista e a base do governo do Ceará. "Ele (Camilo) tem esse dote, que eu pessoalmente não tenho, que é a capacidade de agregar todo mundo. E isso é uma qualidade", disse, ao chegar na missa.

Já Eunício foi ainda mais direto, destacando inclusive a possibilidade de vir a apoiar a candidatura de Ciro a presidente no Ceará. "Eu sempre disse, desde o primeiro momento, que se o Lula for candidato, eu votarei nele. Agora, pela impossibilidade que vejo hoje de ele vir a disputar, vou discutir com a coligação o rumo que vou tomar", afirmou.

"Espero que estejamos todos juntos não apenas no Estado, mas também a nível nacional", conclui Eunício. Durante a cerimônia, o senador e os irmãos não se cumprimentaram, sentando em lados diferentes do corredor. Eunício, no entanto, foi citado diversas vezes por Camilo e passou boa parte do tempo com o governador e o prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Um dos principais articuladores da campanha do irmão, Cid foi claro de que qualquer apoio, sem vetos a Eunício, será bem-vindo. "O Eunício tem se aproximado do Camilo, de amigos nossos no Estado, isso é uma coisa que está caminhando (...) quem estiver disposto a ajudar a candidatura do Ciro certamente receberá de nós um sentimento de eterna gratidão".

Além dos três líderes, diversos secretários de Estado e políticos cearenses participaram da missa de aniversário de Camilo. O evento partiu de Eudoro e Hermengarda Santana, pais de Camilo, e teve participação da paróquia de Nossa Senhora da Assunção e comunidades.

Evitando falar de política, o governador aproveitou para renovar agradecimentos e pedidos. "É um momento de agradecer a Deus pelo dom da vida, pelos 50 anos, pedir forças e energias para que eu possa cuidar da família e de todos os cearenses", diz. O local escolhido, explica, é simbólico: "Nossa Senhora da Assunção é a padroeira de Fortaleza".

(Expresso Ceará)

Sobre POTENGI NA INTERNET

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!