Candidatos do MDB ao legislativo omitem Temer

Michel Temer tornou-se um presidente extremamente impopular também no seu partido. Candidatos do MDB ao Legislativo revelam-se capazes de tudo, menos de vincular seus projetos eleitorais ao presidente da República. Caciques políticos regionais receiam que a ruína do governo Temer comprometa um dos principais trunfos do partido: a supremacia de suas bancadas na Câmara e no Senado.

Repete-se sob Temer um fenômeno que marcou o governo de José Sarney. Depois de chegar à Presidência sem passar pela pia batismal das urnas, o (P)MDB transformou a vitrine do Planalto num forno de micro-ondas. Um dos espetáculos mais divertidos da campanha eleitoral de 2018 será a acrobacia retórica dos emedebistas para se distanciar do presidente carbonizado.

Fonte: Blog do Josias de Souza.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: