Mais uma vítima de afogamento no Ceará

Lagoa do Gersário é bastante profunda e não tem placa de alerta (foto: Washington Luiz-Caveirão)

Região Central: As chuvas que banham o interior cearense deixam alegria para todos, principalmente porque os açudes acumulam água e atraem banhistas, especialmente quem mora na zona urbana não perde tempo, mas é preciso cuidado para que um momento de diversão não termine em tragédia.

Em Quixadá, na tarde deste domingo(08), um homem identificado apenas como “André da Cagece”, 34 anos, morreu afogado na lagoa do Gersário, no momento em que tomava banho. Uma equipe dos Bombeiros foi acionada para o local, juntamente com a Pericia Forense.

Ainda não se sabe o motivo desse afogamento, mas é possível revelar que essa lagoa é bastante profunda, inclusive no ano de 2017 outra pessoa também morreu afogada no mesmo local. Não há placa de alerta.

De acordo com populares, a vítima sofria de problemas mentais e morava na Rua Solon Viana, no bairro Campo Novo, mesmo assim bebia com frequência. Ele teria sido alertado para não entrar na água, mesmo assim insistiu.

Dá os devidos créditos é sinal de respeito aos companheiros. 

Fonte: Revista Centro
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: