Dnocs sem dinheiro para manutenção de açudes

Dos 66 açudes que o Dnocs administra aqui no Ceará 33 estão correndo risco. Esta informação foi transmitida durante uma reunião da Câmara Temática de Água da Adece por uma engenheira do próprio Dnocs.

A reunião tratava sobre a inclusão dos recursos hídricos no “Ceará 2050”, o plano estratégico de longo prazo que o Governo do Estado promete lançar em novembro deste ano para ser executado a partir de 2019.

De acordo com a engenheira, o Dnocs enfrenta uma grave crise financeira, razão pela qual não tem dinheiro para fazer a manutenção dos seus açudes.

A mesma engenheira fez, ainda, uma pergunta recorrente: a quem interessa o fim do Dnocs?

O que o blog pode dizer sobre o assunto é o seguinte: o Dnocs perdeu seus grandes quadros da engenharia de barragens e também os da área de pesquisas ictiológicas. Não houve concurso para renovar o time de engenheiros e pesquisadores.

Hoje, com o quadro de pessoal reduzido e enfrentando a falta de dinheiro, o Dnocs é quase um morto vivo.

Fonte: Blog do Egídio Serpa
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: