Secretários do governador Camilo Santana deixarão suas pastas para concorreram a eleição

A Lei Eleitoral determina que secretário municipal ou estadual, deve se afastar das gestões no próximo dia 7 de abril, seis meses antes da eleição, para emplacar candidaturas com vistas ao próximo pleito.

Este ano, os eleitores vão eleger presidente da República, governadores dos estados, dois terços do Senado Federal, deputados federais e deputados estaduais ou distritais.

No governo estadual, Camilo Santana deverá procurar substituto para, pelo menos, cinco secretários que, atualmente, são cotados para a disputa na eleição de 2018. São eles: Inácio Arruda (Ciência e Tecnologia), Dedé Teixeira (Desenvolvimento Agrário) e Josbertini Clementino (Trabalho), que deverão disputar vaga para a Assembleia Legislativa, além de Mauro Filho (Fazenda) e Jesualdo Farias (Cidades), que devem postular vagas para a Câmara Federal.

(Informações do Blog do Marcelo Marques)
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: