Perfurações de poços aumentam 41% em 3 anos no Ceará

Devido aos efeitos da estiagem nos últimos anos no Ceará, o Estado continua investindo em alternativas para diminuir a dependência das chuvas. Dentre elas, a perfuração de poços tem sido uma das principais estratégias adotadas pelo Governo para atender a atual demanda, principalmente no Interior.

Segundo a Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra), somente nos último três anos, de 2015 a 2018, o órgão construiu 4.598 poços em todo o Estado. O número representa 41,4% de todas as unidades perfuradas pela Sohidra nos seus 30 anos existência, no qual que já atingiu um total de 11.089 equipamentos.

"Essas perfurações fazem parte do maior programa de construção de poços já visto no Ceará, compõe o Plano Estadual de Convivência com o Semiárido, criado no início de 2015", enfatiza Yuri Oliveira, superintendente da Sohidra. Ele destaca, ainda, que a medida tem garantido hoje o abastecimento de cidades inteiras com água subterrânea e que, em 2018, o órgão tem capacidade de construir pelo menos 3 mil unidades, caso necessário.

DN Online
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: