» » » Lula foi condenado no TRF-4. Mas segue solto e pré candidato

Os advogados do ex-presidente Lula deixaram claro mesmo antes do julgamento em segunda instância no TRF-4, em Porto Alegre. Iriam recorrer de qualquer decisão que confirmasse a condenação imposta pelo juiz Sérgio Moro. E assim farão, com o objetivo de impedir a prisão de Lula, condenado a 12 anos em regime fechado, e de permitir que ele busque o registro para concorrer nas eleições presidenciais desse ano.
A decisão do TRF-4 não impede o ex-presidente de pedir o registro de candidatura à Justiça Eleitoral e até mesmo fazer campanha e receber votos no dia da eleição,  desde que sua prisão, pedida pelos desembargadores do TRF-4 não seja consumada.
Os advogados de Lula devem recorrer da condenação agora ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) e ao STF (Supremo Tribunal Federal). Querem também conseguir registrar sua candidatura na Justiça Eleitoral. Enquanto os recursos não forem julgados em definitivo, o ex-presidente pode atuar como qualquer outro candidato.

Dois pontos devem pesar nesses recursos até agosto, quando ocorre o registro das candidaturas. É a rapidez da Justiça em julgar os recursos da defesa, tanto no campo criminal quanto no eleitoral, e também o sucesso das apelações nos tribunais superiores.

Não custa lembrar que Lula tem liderado todas as principais pesquisas de intenção de voto para presidente, tendo Jair Bolsonaro em segundo lugar nas intenções.

Por:Max Weber.

Sobre POTENGI NA INTERNET

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!