» » Chuvas continuarão nos próximos dias, garante Funceme


As chuvas que têm caído em todo o Ceará, inclusive em Fortaleza, continuarão nos próximos dias. A previsão é da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Em entrevista ao O POVO Online, o meteorologista e supervisor da Unidade de Tempo e Clima da Funceme, Raul Fritz, afirmou que o sistema meteorológico que está propiciando estas chuvas, o Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), continuará atuando, pelo menos, até dia 24, véspera de Natal. Ele prevê que "uma ou outra" chuva pode ser de maior volume, mas, no geral, serão mais amenas.

O período chuvoso anima muitos cearenses. O estudante de Jornalismo e redator publicitário, Ronnald Casemiro, diz que esses dias lhe fazem lembrar da infância. Agora, aos 28 anos, sente certa nostalgia ao olhar a chuva no caminho do trabalho ou voltando para casa. "Pra ser sincero, nem me incomodo em chegar todo molhado no trabalho".

Pensamento diferente tem a analista de marketing digital, Thalita Di Paula. Como não tem carro, ela diz que a chuva atrapalha muito. "Tenho que acordar cedo, sair de casa, ir para o trabalho, um curso e ainda terque levar guarda chuva? Me atrapalha", afirma. Além disso, Thalita diz que é completamente solar e nunca viaja, por exemplo, para destinos serrosos e que tenham frio. "É sempre praia e calor".

Seca

A regularidade de chuvas prevista por Fritz, no entanto, não influenciará no quadro de seca do estado. Segundo ele, as chuvas ainda são insuficientes. "A gente tem que ter, pelos menos, dois meses seguidos com chuvas regulares. O ideal para recarregarmos bem os nosso grandes reservatórios precisava chover acima da média mensal".

Fênomeno

Sobre a chuva de granizo que surpreendeu a população da região serrana do município de Parambu, o meteorologista diz que foi ocasionado devido a formação de uma nuvem cumulonimbus, que atinge uma altitude superior às outras nuvens.

Ele diz que esta nuvem tem um "grande desenvolvimento vertical", que chega a atingir 10 km de altura. No topo destas nuvens, que são comuns, as temperaturas chegam a -70ºC. A partir disso, aparecem os cristais de gelo, o que Fritz aponta como inusitado.

"Tem um movimento interno dentro das nuvens que faz o cristal de gelo crescer, aí chega um ponto em que ele cresce tanto, que a força da gravidade atrai esses cristais para a terra", explica.

Fritz diz que a probabilidade de o fenômeno acontecer em Fortaleza é mínima, visto que o ar marítimo influencia para que isso não ocorra.

CARLOS HOLANDA

Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!