» » » Camilo avalia convocar policiais militares além do cadastro de reserva de concurso público


O governador do Ceará, Camilo Santana, afirmou nesta quinta-feira (30) que avalia a possibilidade de convocar mais de 800 candidatos do concurso da Polícia Militar para compor o efetivo das forças de segurança. O edital previa a convocação de 4,2 mil policiais mais 800 para o cadastro de reserva, somando até cinco mil novos servidores na área de segurança. Conforme Camilo, ele quer fazer uma convocação além desse número. "O concurso foi pra 4,2, então nós estamos trabalhando com a Procuradoria Geral do Estado para ver legalmente quantos eu posso chamar a partir daí. Se eu posso chamar até cinco mil ou se eu posso estender. Estou aguardando essa definição da Procuradoria para saber quantos serão chamados", disse o governador.

A afirmação foi feita durante a aula inaugural da terceira turma dos policiais convocados. Dos 1.400 convocados, 1.372 estiveram aptos para iniciar as aulas de treinamento para atuar nas ruas do Ceará como policial militar. 'Leis frouxas' Camilo Santana cobrou também leis mais rígidas para "intimidar" criminosos e evitar a prática de crimes. Entre as leis citadas pelo governador está a proibição de sinal de celulares em áreas próximas a presídios.

"É preciso rever uma série de leis voltadas para segurança pública, como revisto a questão do crime hediondo, como está para ser votado no Congresso Nacional a proibição do sinal de celular nos presídios, inclusive o Ceará aprovou há quase dois anos", disse.

"É preciso rever as leis, nós temos leis frouxas hoje no Brasil. Precisamos de leis mais rigorosas para garantir punir melhor e até intimidar os criminosos", concluiu Camilo Santana.

Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!