Aplicativo vai agilizar atendimento policial para vítimas de violência doméstica

Acionar a polícia em caso de violência doméstica pode ficar mais fácil a partir de agora. Por meio do Aplicativo de Monitoramento Intensivo, Guarnição e Acompanhamento a Vítimas da Violência (Amigavv), vítimas de violência em Fortaleza podem acionar o número 190 e pedir socorro contra agressão, com apenas um clique.

Para fazer uso do Amigavv, é preciso estar com medida protetiva aplicada pelo Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Capital. A usuária deve ir à unidade judiciária, fazer cadastro prévio e instalar o aplicativo, que possui item fixo na barra de notificações para maior rapidez da ação de abrir o chamado.

Diante de situação real de perigo, ela pode pressionar o “botão do pânico” por três segundos (tempo necessário para não ser acionado por um descuido). Com isso, o pedido de socorro é enviado à Ciops. A ferramenta foi criada pelo Governo do Estado em parceria com o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE).

Projeto piloto
Inicialmente, o projeto-piloto funcionará nos bairros Vicente Pizon, Mucuripe e Cais do Porto, em Fortaleza. Mas a previsão é ampliar o serviço para toda a capital cearense, e posteriormente para todo o Estado. Os dados serão sigilosos e de conhecimento apenas da Polícia. Além disso, o aplicativo avisa se não houver conexão com a central e se o GPS estiver desativado, solicitando a ativação por parte da usuária.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: