» » 60% das rodovias do Ceará apresentam alguma deficiência, aponta pesquisa


21ª Pesquisa CNT de Rodoviasrevelou que 2.194 quilômetros (60,6% do total) das rodovias avaliadas no Ceará apresentaram, ao longo de 2017, algum tipo de deficiência e foram avaliadas como regulares, ruins ou péssimas. Ainda conforme o levantamento divulgado nesta terça-feira (7), o restante da extensão pesquisada no Estado (39,4% - 1.424 km) é considerado ótimo ou bom.

Apesar de mostrar que ainda há um cenário precário no Estado, a pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) também revelou que a situação das rodoviais cearenses melhorou um pouco ante o ano passado, quando 64% das vias avaliadas apresentavam alguma deficiência. Na época, 2.269 quilômetros foram considerados regulares, ruins ou péssimos (75 km a mais do que em 2017).

Ao todo, a pesquisa da CNT percorreu 3.618 km no Estado. Deste total, 1.227 são de responsabilidade estadual e 2.391 federal. Devido às deficiências apresentadas no pavimento das rodovias do Ceará, o custo operacional do transporte no Estado acaba ficando mais alto, uma vez que rodovias com deficiência reduzem a segurança, além de aumentar o custo de manutenção dos veículos e o consumo de combustível, segundo o órgão.

País tem queda na qualidade
Nacionalmente, a pesquisa constatou uma queda na qualidade do estado geral das rodovias pesquisadas ao longo de 2017. Isso porque a classificação regular, ruim ou péssima atingiu 61,8% do total, enquanto em 2016 esse índice era de 58,2%. Além disso, apenas 38,2% das rodovias foram consideradas em bom ou ótimo estado, enquanto um ano atrás esse percentual era de 41,8%.

A sinalização foi o aspecto que mais se deteriorou. Em 2017, o percentual da extensão de rodovias com sinalização ótima ou boa caiu para 40,8%, enquanto no ano passado 48,3% haviam atingido esse patamar. Neste ano, a maior parte da sinalização (59,2%) foi considerada regular, ruim ou péssima.

Investimentos
​O Departamento Estadual de Rodovias do Estado do Ceará (DER/CE_ afirma que atualmente possui sob sua jurisdição uma malha rodoviária pavimentada de aproximadamente 7,847 mil km, conforme dados do Sistema Rodoviário do Ceará (SRE) de 2016. Desse total, apenas 1.209 km, ou seja, aproximadamente 15,40% de rodovias estaduais,foram analisados pela CNT.

"O DER anualmente realiza em toda sua malha pavimentada o Levantamento Visual Contínuo - LVC, com metodologia especificada pelo DNIT, o LVC fornece, a partir da avaliação dos defeitos de superfície levantados em campo nos pavimentos das rodovias sob jurisdição do DER, o indicador da qualidade da malha estadual em determinado ano. Esse indicador em 2016, constatou que o pavimento das rodovias estaduais encontram-se com 72,63% em qualidade "Boa". O LVC do ano de 2017 já está em fase final de execução, devendo ter seu resultado apresentado na segunda quinzena de novembro", afirmou o órgão.

Fonte: Diário do Nordeste

Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!