Leilão do Aeroporto de Juazeiro é adiado


O leilão do Aeroporto de Juazeiro do Norte deve ficar para 2019, próxima rodada de concessões que deve incluir ao todo 14 aeroportos brasileiros. A decisão é do presidente Michel Temer e deixa o leilão fora do seu mandato.

O motivo do adiamento do cronograma do Programa de Parcerias de Investimentos, foi a segunda denúncia do Ministério Público contra o presidente, que está prestes a ser votada no plenário da Câmara. A agenda econômica do País voltou a ser paralisada em consequência dos eventos políticos que envolvem a alta cúpula do governo federal.

No cronograma inicial, o edital para o leilão dos aeroportos seria lançado no primeiro semestre de 2018, com efetivação em 2019. Com o recuo do presidente, o lançamento do edital será lançado em novembro de 2018 e poderá ser revisto pelo presidente que assumir em janeiro de 2019.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: