» » » Obras complicam tráfego na CE-292, na saída do Crato


Além do tráfego lento, os motoristas ficam preocupados com a grande quantidade de veículos pesados no local das obras ( Foto: Antonio Rodrigues )

Crato. A restauração da CE-292, que liga este Município a Nova Olinda, com acesso ao distrito de Santa Fé, está causando alguns transtornos à população que utiliza a estrada que dá acesso às cidades do Cariri Oeste, além de Exu (PE). Iniciada em janeiro, a obra tem causado engarrafamentos e gerado preocupação com a segurança. Até agora, cerca de 70% dos serviços já foram executados.

Segundo o motorista de transporte alternativo, Cícero Roberto Freire, que faz o trajeto quatro vezes por dia, entre Crato e Nova Olinda, a recuperação da CE-292 vai ser benéfica, pois a estrada "já estava passando da hora de ser restaurada". No entanto, afirma que a obra está causando prejuízos para ele e seus passageiros. "Aumentou o tempo da viagem em cerca de uma hora. Antes eram só 40 minutos. O trajeto não é bom. Se tem uma consulta marcada no médico, tem que sair de casa uma hora e meia antes", explica.

Já o professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), Márcio Benevides, acredita que os impactos da obra causam problemas diretos na sala de aula. Alunos e docentes chegam atrasados devido ao bloqueio criado pela construtora que realiza a obra. "Passei 40 minutos parado. Mesmo me programando para sair mais cedo, não dá pra evitar os atrasos. Já tivemos filas de carros que começam dentro do próprio IFCE", acrescenta.

Além disso, Márcio alerta para situações que colocaram em risco a segurança de estudantes e funcionários, principalmente durante a noite, já que, segundo ele, não possui sinalização adequada. "Toda a vez que estamos trafegando pela pista em construção, temos que cruzar com caminhões da obra e, às vezes, eles passam em alta velocidade, carregando cargas pesadas. É tenso. Na semana passada, uma colega quase foi atropelada por um destes veículos", completa.

O Departamento Estadual de Trânsito (DER) afirmou que o trecho está devidamente sinalizado e garantiu que vai tomar, junto com os outros órgãos responsáveis pelo tráfego no local, providências para disciplinar a velocidade dos caminhões que atuam na obra. Sobre o aumento do tempo de espera dos veículos, lembra que o trecho está com operários e máquinas, por isso o tráfego fica mais lento e ressaltou que os inconvenientes de hoje são necessários para que a população receba uma rodovia restaurada e com condições de trafegabilidade e segurança viária.

Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!