Evo Morales se solidariza com Lula e chama condenação de golpe judicial

O presidente da Bolívia, Evo Morales, se pronunciou na tarde desta quarta-feira (12) após a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 71 anos, a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá. Nas redes sociais, Morales se solidarizou com o ex-presidente brasileiro e afirmou que Lula sofre um "golpe judicial".

Morales afirmou que Lula é um candidato potencial que garantiu a vitória do povo brasileiro. "Irmão Lula Da Silva nosso apoio neste caça às bruxas, digo que com o apoio do seu povo, você será bem sucedido", postou.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: