» » Moro nega pedidos do MPF e da defesa de Lula para ouvir mais testemunhas

O juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava-Jato na primeira instância, negou o pedido do Ministério Público Federal e da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ouvir mais testemunhas na ação que trata sobre o triplex do Guarujá. As informações são do portal G1.

No mesmo despacho, o juiz marcou os prazos para as alegações finais, fase que antecede a sentença do magistrado.

A acusação terá até o dia 2 de junho, e a Petrobras tem até o dia 6 de junho para se manifestar. A defesa do ex-presidente poderá apresentar as conclusões até o dia 20 de junho.

Sobre o pedido da defesa do ex-presidente em relação à oitiva de novas testemunhas, Moro argumentou que faltou identificação completa como nome e endereço das testemunhas. “Indefiro, portanto, o requerido por deficiência no requerimento e desnecessidade da prova”.

Já sobre a mesma solicitação feita por parte do Ministério Público Federal, o magistrado escreveu: “Este Juízo já ouviu muitos depoimentos sobre o apartamento triplex e sobre a reforma dele, não sendo necessários novos a esse respeito”.

O processo investiga se o ex-presidente, acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, recebeu R$ 3,7 milhões em propina, de forma dissimulada, da empreiteira OAS. Em troca, a empresa seria beneficiada em contratos com a Petrobras.

Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!