Michel Temer diz que não renunciará

Em pronunciamento em rede nacional, o presidente da República, Michel Temer, disse que não renunciará. Ele afirmou que não autorizou ninguém a comprar o silencio de Eduardo Cunha. Temer afirmou que no inquérito aberto pelo STF será a instância para esclarecer toda essa situação.
Temer afirmou que essa semana foi o melhor em pior momento do seu Governo, Melhor devido a retomada do crescimento e dos empregos e a melhoria da economia e o pior foi a vinda a tona de uma conversa gravada clandestinamente que o acusa de ter solicitado dinheiro a JBS para pagar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha que se encontra preso. Disse que todas as conquistas do seu governo não podem ser jogadas na lata de lixo e serem colocadas ao lado da história.
Havia uma expectativa quando a renuncia de temer que passou a ser investigado pela Lava Jato, por autorização do ministro Edson Fachin. Ele disse que espera que o processo corra tão rápido, quanto a vinda a público da delação premiada que o acusou.
Fonte: Ceará Agora.

CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: