Temer vira o Judas do povo brasileiro no sábado de Aleluia


Depois de trair a presidente eleita Dilma Rousseff e o programa vitorioso nas urnas, Michel Temer, aprovado por apenas 5% dos brasileiros, segundo pesquisa CUT/Vox Populi, ganhou o apelido de “Judas do povo brasileiro”, como neste protesto na Praça dos Três Poderes; ele é também um dos personagens mais citados nas delações da Odebrecht; dois executivos da empreiteira o apontaram como responsável direto por uma propina de US$ 40 milhões, o equivalente a R$ 126 milhões; na história bíblica, Judas traiu Jesus Cristo por 30 moedas.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: