Governo do Ceará firma Termo de Cooperação Técnica com Banco do Brasil e FIEC


O governador Camilo Santana assinou nesta quinta-feira (20), no Palácio da Abolição, o Termo de Cooperação Técnica entre o Governo do Ceará, a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e o Banco do Brasil. São R$ 6,6 bilhões de crédito para indústrias, beneficiando empresas que irão se instalar ou ampliar instalações no Estado.

"Nesse momento difícil que o país enfrenta é preciso buscar com muita criatividade parcerias para a retomada do crescimento. Nós temos uma agência que atende empresas que querem se instalar no Ceará, para a geração de empregos. Com esse Termo de Cooperação, elas têm a garantia dos recursos, financiamento com mais agilidade e menos burocracia. Quero agradecer à Fiec e ao Banco do Brasil pela compreensão da necessidade de darmos as mãos. É um momento para celebrar essa parceria, que eu tenho certeza que teremos ótimos frutos", disse o governador.

Atualmente, cerca de 420 empresas são atendidas pelos programas de incentivo da SDE e vinculadas. O Governo do Ceará vai selecionar e indicar empresas com perfil para apresentar propostas de investimento, visando proporcionar maior agilidade no atendimento nos processos. 

Já a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) vai realizar a divulgação do termo e a mobilização das empresas, por meio de seus sindicatos filiados, para o estímulo e apoio de atividades exportadoras dos diversos setores industriais do Estado.

Uma comissão de acompanhamento entre as três partes será instituída para acompanhar as demandas.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: