Detran acha problema em 88% dos transportes escolares no Ceará


Apenas 11% dos veículos de transporte escolar vistoriados pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) nos últimos 12 meses foram aprovados. Falta de licenciamento, motoristas que não possuem Carteira Nacional de Habilitação ou estão em condição irregular, pneus em estado crítico e ausência de tacógrafo (equipamento que registra velocidade e distâncias percorridas) são as principais irregularidades. 

Não são emitidas multas e os relatórios com os problemas identificados são enviados ao Ministério Público do Estado (MPE) e às prefeituras responsáveis. 

Dos 100 municípios vistoriados no período, 46 tiveram todos os veículos reprovados. Guaramiranga (20%), Itaitinga (44%) e Ipaporanga (23%) foram os únicos que tiveram menos de 50% dos veículos com irregularidades.
CURTA ESSA MATÉRIA PELO FACEBOOK: