» » » Trabalhadores fazem protesto contra reforma da Previdência em Fortaleza

Movimento contra reforma da Previdência em Fortaleza reúne trabalhadores no Centro (Foto: Jadson Silva/Sindifort)
Sindicatos de várias categorias fazem ato no Centro de Fortaleza e paralisaram atividades, nesta quarta-feira (15), em um protesto contra as reformas da Previdência e Trabalhista, do governo federal. A organização divulgou que a mobilização reuniu cerca de 20 mil participantes. A Polícia Militar não divulgou público.

Em Fortaleza, o ato, que acompanha mobilização nacional, abrange profissionais da educação, rodoviários, construção civil, entre outros. Há também atos espalhados em outros pontos da capital.

Os manifestantes se concentraram por volta de 8h na Praça da Bandeira. Em seguida, eles saíram em caminhada por ruas do Centro.

Os rodoviários interromperam o tráfego na Avenida do Imperador e Avenida Tristão Gonçalves. Os protestos da categoria começaram por volta de 6h30. Eles também realizaram protesto no Terminal do Papicu. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro), a categoria está mobilizada em defesa da aposentadoria e contra a reforma da Previdência, e reforça campanha por um reajuste salarial de 12%. O sindicato não informou número de rodoviários paralisados e ônibus afetados. 


Motoristas paralisaram na Avenida do Imperador, em Fortaleza (Foto: Ramó Alcântara/Sintro)
Segundo a presidente do Sindicato Único dos Trabalhadores do Ceará (Sindiute), Ana Cristina Guilherme, seis mil professores do município participam do ato no Centro. Além da pauta principal, o sindicato está em defesa do piso salarial do magistério. Ela informa que, a partir desta terça-feira, os professores municipais entram em greve por tempo indeterminado. Professores estaduais também devem parar atividades, segundo o Sindicato dos Professores e Servidores da Educação e Cultura do Estado e Município (Apeoc).

Os operários da construção pesada participam de ato na Avenida Abolição e pararam o trânsito no cruzamento com a Rua Oswaldo Cruz nesta manhã. À tarde, vão participar de um congresso, no qual devem definir datas das manifestações estaduais. Parte da categoria parou para participar da programação.

Confira o que funciona e o que parou:

Transporte

Metrô: estações funcionam normalmente
Ônibus: motoristas fazem paralisações pontuais e participam de ato.

Segurança

Guarda Municipal: normal
Polícia Militar: normal
Polícia Civil: delegacias funcionam normalmente. Representantes do sindicato participam de ato perto da Assembleia Legistiva.

Educação

O Sindiute informou que os professores das escolas municipais param a partir desta quarta por tempo indeterminado e as escolas estaduais não abrem.


Do G1 CE

Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!