» » Cariri - Proximidade das chuvas interfere na sensação



Juazeiro do Norte. Essa onda de calor tem uma explicação. Segundo Raul Fritz, pesquisador da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), com a proximidade das chuvas, os ventos perdem intensidade. "A velocidade dos ventos retira calor da nossa pele e ajuda a diminuir ou amenizar a sensação térmica", pontua.


Em Barbalha, cuja temperatura média para dezembro é de 26ºC, o órgão registrou pico de 38ºC nesta semana. Em Juazeiro, o pico foi de 37ºC, quando a média para este mês é de 28ºC. "Quando se tem umidade do ar mais baixa, as temperaturas aumentam. No entanto, a sensação térmica, neste caso, não difere muito, já que o tempo está seco", acrescenta.

Para outro meteorologista da Funceme, Leandro Valente, o fenômeno El Niño é o responsável pelo forte calor. "Um sistema de alta pressão atmosférica atua no Nordeste brasileiro inibindo a formação de nuvens, causando variações climáticas, com fortes chuvas no Sul do País e calor intenso no Nordeste", detalha.

"Sistemas de chuvas que se formam na Bahia, típicos desta época do ano, tendem a influenciar o sistema meteorológico no Cariri, causando pancadas de chuvas isoladas, que devem aumentar em janeiro", diz Fritz.

Extraído do Blog Madson Vagner.


Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!