» » Potengi no dia D de mobilização para vacinação de cães e gatos

A Secretaria da Saúde do Estado convoca os donos de cães e gatos para vacinarem seus animais. Neste sábado (12), será o dia D de mobilização para vacinação de cães e gatos contra a raiva.

Em Potengi a vacinação acontece na parte da manhã na sede do município ao lado da Praça Cesar Calls das 7hs ás 11hs e nas vilas Saraiva, Fulgêncio, Vila Marrocos e Central.

Segundo informações da Coordenadora Márcia Pajeú ainda no  período da tarde a vacinação prossegue das 13hs ás 16hs desta vez na localidade da Vila Campos e durante a semana continua na região da zona rural do município.

Foto: Ivanildo Souza.
 A meta da campanha é imunizar 80% de 203.742 cães na Capital. A campanha de vacinação antirrábica já acontece em 129 dos 184 municípios do Ceará e 40 deles já alcançaram a meta de cobertura estabelecida pelo Ministério da Saúde. Em todo o Estado a cobertura vacinal está em 36,45%, com 453.664 cães e 225.056 gatos vacinados. O número de cães a serem vacinados no Ceará é de 1.244.747 animais. No ano passado o Ceará vacinou 1.140.728 cães e 517.473 gatos em todos os municípios.
A vacinação é a única forma de evitar que animais domésticos contraiam raiva e transmitam a doença para humanos. Não tem contraindicações. Os donos dos cães e gatos devem levar para vacinar os animais a partir dos três meses de vida, inclusive fêmeas prenhas, evitando vacinar animais doentes. De janeiro a setembro deste ano, o diagnóstico laboratorial de 39 casos de raiva animal identificou 32 casos em animais silvestres – 28 em morcegos em área urbana, três em raposas e um em soim – que podem infectar animais domésticos, como cães e gatos.
A raiva é uma doença viral que pode ser transmitida ao homem por mordida, lambida ou arranhão de um animal infectado. A taxa de letalidade entre humanos é próxima de 100%. Em média, ocorrem 30 mil agressões de animais a humanos a cada ano, 2,5 mil por mês e 94 por dia. A melhor maneira de evitar a raiva em humanos é a prevenção. Além da vacinação dos animais domésticos, as secretarias de saúde dos municípios devem ser acionadas para capturar os animais de rua que podem portar a doença. Nas cidades, a presença de morcegos deve ser notificada aos departamentos de zoonoses.
Com Sesa.

Sobre Ivanildo Souza

Ivanildo Souza falará em breve algo pra você, aguarde!
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

AQUI VOCÊ VÊ E SEUS CLIENTES TAMBÉM.

ANUNCIE AQUI ! ACREDITEM NO CRESCIMENTO DE POTENGI!